fbpx
Relatos de Viagem

Junho Verde 2023: o que é turismo sustentável


––––––––––––––––––––––––––––––

Assista no Youtube
––––––––––––––––––––––––––––––
turismo sustentável:
––––––––––––––––––––––––––––––
Bom sustentabilidade reunião daquele tripé né dos três pontos os três pilares a economia Social e Ambiental quando você fala de turismo sustentável Eu imagino na verdade assim isso é uma coisa que eu tenho defendido Né desde o início da minha atuação da fundação Bahia viva que é a junção de uma boa

Infraestrutura com o tripé da sustentabilidade porque quando você fala de atividade turística vialena pressupõe-se automaticamente o fluxo de pessoas não é se existe fluxo de pessoas isso demanda a serviço você tem serviço esse serviço precisa passar por uma organização do seu planejamento inclusive para uma organização na sua

Ocupação Então quando você fala de turismo sustentável sobretudo ambientes costeiros que a experiência que eu tenho é um assunto que eu domino Eu gosto muito de linkar com a viabilização da boa infraestrutura nem infraestrutura inteligente que permita que os recursos naturais que estão disponíveis ali não sejam vistos como inesgotáveis mas para

Isso precisa ver um planejamento Eu gosto muito de trazer não tô puxando sardinha aqui para o lado da Fumaça pode puxar tá ali um exemplo inclusive para que as pessoas compreendam né o que eu tô falando é o exemplo da praia de pontas de Nossa Senhora o que é que

Acontecia com aquele destino historicamente sempre foi um roteiro famoso e conhecido no cenário turístico Nacional quem vem visitar Salvador e que quer passear pela Bahia de Todos os Santos Tá ali tá ali a possibilidade de você visitar pontos de Nossa Senhora é o destino que é automaticamente ali oferecido pelas agências pelas

Operadoras então atividade turística ela sempre existiu mas como é que ela existia como ela era explorada de forma predatória e amadora Então você saiu do terminal Náutico nos passeios convencionais e você sequer tinha ali um lugar para embarcar o desembarcar Isso já é um fator limitador já é um fator

Que não integral ali o Pilar associado ao sustentabilidade a partir do momento que você limita por exemplo com deficientes físicos de desembarcarem como é que você com limitação física vai desembarcar num lugar onde você não tem um lugar adequado para descer do barco isso era uma coisa que acontecia outra

Coisa era o oferecimento do serviço gastronômico né quem sabe e que quem já foi lá na praia de Ponta de Nossa Senhora antes que ela passasse por toda essa requalificação Urbana ambiental sabia exatamente como aqueles restaurante estavam dispostos então operavam sem nenhuma condição sanitária

Aí se a culpa é das pessoas não é culpa do Mal planejamento que infelizmente envolve atividade turística no nosso estado do nosso país é uma coisa muito comum né então como isso funciona hoje você vai eliminar essa atividade não você vai propor uma releitura uma nova forma de funcionamento então ao invés de

Funcionário na faixa de areia de praia sob condições ambientais que não eram adequadas esse acesso restaurantes hoje operam em outros lugares dentro de condições sanitárias e de critérios sustentáveis que atendem muito melhor o turista e passam a colocar aquele destino dentro das qualidades ambientais que são próprias para Nossa geração pro nosso

Momento Então eu acho que isso sustentabilidade turística envolve isso essa junção né de você conseguir reunir o tripé as coisas importantes a atividade turística ela não pode ser restringir hoje apenas ao viés lucrativo você precisa ter outras preocupações também mas para que essa preocupação exista você precisa planejar a ocupação

Que é só a partir daí que você vai conseguir oferecer um produto sustentável mais integrada né

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo